Quando descobriu  que estava  grávida, o que sentiu?

Inícios de agosto de 2016… Fomos passar férias às Maldivas e aí ja estava um pouco desconfiada…não bebi álcool, evitei saladas…Assim que chegamos a lisboa fiz o teste… E ja estava grávida de 5 semanas !!!

Quais foram os principais receios ? Pessoais, relacionais, profissionais, com o bebé, etc
Sinceramente não senti muitos receios, foi algo muito desejado e muito planeado …foi todo um processo carregado de muito desejo e amor…

Como foi o decorrer da gravidez? Com muitos sintomas típicos?
Digamos que a minha gravidez foi aquela de filme, que qualquer mulher deseja ter . Zero enjoos , noites ótimas, não passei pelos “mil xixis” noturnos , zero dores… Tive uma gravidez maravilhosa…

Durante a gravidez, treinou? Como foi a sua rotina de treino ao longo dos 9 meses?

Confesso que os primeiros 2 meses foram com pouca atividade física uma vez que coincidiu com as férias de verão aproveitei para descansar, dei umas corridas, nadei, joguei paddel e pouco mais… Depois disso voltei à minha atividade física regular, abandonei a corrida aos 4 meses por questões de conforto, não era algo que me sentisse confortável, e de resto treinava 4 /5  vezes por semana, por vezes bidiário sendo a ultima atividade pilates, balance, hidroginástica…( de referir que todas as atividades foram devidamente ajustadas). Após as 37 semanas de gravidez senti necessidade de abrandar um pouco mais, uma vez que ja sentia a pressão normal  do bebé, mas atividade aquática nunca parei (hidroginástica e preparação para o parto)

O que as pessoas lhe diziam por saber que fazia exercício físico na gravidez?
Boa questão… Era super engraçado, algumas pessoas alertavam-me para a possibilidade do bebé nascer irrequieto (risos) … Algumas tinham receio de me ver fazer exercício… Mas também havia gente que reconhecia a sua importância!

21733349_10212117247981095_745043694_n

Como sentiu que os seus alunos reagiram à sua gravidez nas aulas?
Alguns ficavam um pouco intimidados, principalmente no treino personalizado, tinham medo que eu me magoasse, mas na maioria achavam engraçado, o facto de eu ser uma grávida cheia de energia .

Acha que as pessoas ainda desconhecem os benefícios do exercício na gravidez? Quais foram os benefícios sentidos por si pela prática de exercício físico?
Muitas pessoas identificam que é benéfico mas acham sempre que é só por uma questão estética/aumento de peso… E não pela totalidade dos benefícios associados à pratica regular de atividade física. Muito sinceramente ao longo da minha gravidez senti me  sempre super bem e tenho plena consciência que atividade física foi a principal responsável, aliada a uma alimentação minimamente equilibrada.
No pós parto, sendo cesariana, senti que consegui recuperar a mobilidade de forma muito mais rápida, tanto a nível musculatura geral, abdominal, quer ao nível do soalho pélvico… De salientar que no pós parto frequentei 2 meses de aulas de abdominais hipopressivos.

Como se sentiu ao verificar as alterações do seu corpo ao longo da gravidez?
Qualquer mulher sente receios e medos, durante a gravidez, até porque o corpo muda de forma brutal, mas cada mês cada alteração foi recebida de forma muito tranquila… Senti-me sempre muito bem grávida , exceto nas últimas duas semanas , em que o peso já era maior e misturava-se com a curiosidade e vontade de ter o bebé no nosso colo. Acho que o papá tem um papel muito importante ao longo de todo este processo.

Como se sentiu em relação ao seu corpo no pós parto?
Ainda me sinto =) faz-me mais “comichão” o pós parto que a gravidez… Ainda não recuperei a 100%, mas também ainda não consegui arranjar uma rotina de treino, o que me faz muita falta! Acho que devemos sempre respeitar o corpo, o próprio momento, que é particularmente  exigente a todos níveis, mas a seu tempo tudo voltará ao normal.

21741444_10212117247941094_742214869_n

Sentiu algum tipo de pressão por parte dos seus alunos, amigos, conhecidos por ser da área do fitness e ter que ter um barriga pequenina, recuperar rápido, etc?
Bem… Eu tive uma “senhora” barriga 🙂 não engordei muito, foi tudo dentro do normal, mas acho que a pressão é mais nossa… No pós parto acredito que os pensamentos possam existir….mas sinceramente nunca pensei muito nisso.

Como forma de conclusão,

Gostaria de saber como a maternidade mudou a sua vida enquanto pessoa, mulher e profissional.

Acho que desde que fiquei grávida ao contrário do que diziam…continuei a fazer mil coisas ao mesmo tempo 🙂 a limpar, a engomar a preparar… A fazer, a participar…enfim, a ser uma pessoa super ativa a todos os níveis… Profissionalmente não posso deixar de referir que o nosso país precisa de repensar sobre a maternidade… Infelizmente somos muito pouco apoiadas…
Mas sim… sou hoje uma pessoa muito diferente… Emocionalmente mais calma, recuso desgastar-me e perder energias com assuntos que nao merecem tempo de antena… A valorizar ainda mais a família que construímos e carrego em mim um amor arrebatador… Que sem dúvida é o mais difícil digerir… Nasce do nada e cresce a cada segundo…

 

Nome: Daniela Silva /  Profissão: Personal Trainer / Mãe: 5 meses de fofura

21733034_10212117248261102_2023389676_n

Escrito por: Rafaela Gouveia

Deixe um comentário:

(optional field)

Nenhum comentário.